Visto Americano

No feriadão da semana passada eu e o marido fomos para SP fazer o visto americano.

O marido vai precisar ir para os EUA a trabalho e precisava apenas renovar o visto, pois ele já tinha um visto de negócios e se encaixou nos requesitos para fazer apenas a renovação.

Como já estava em nossos planos em algum momento fazer o visto americano, eu aproveitei a oportunidade e fui fazer o meu também já que agora o visto tem validade de 10 anos.

Achei todo o processo bem simples apesar de todas as mudanças que aconteceram.

Através desse site http://portuguese.brazil.usembassy.gov/pt/solicitar.html, os passos estão explicados.

O que achei mais complicado no preenchimento dos formulários foi a foto. Tivemos bastante trabalho para ela ser aceita conforme as normas necessárias. Fomos tirando as fotos em casa mesmo, na frente de uma parede branca até que o site aceitou uma.

Agora são necessários 2 dias, um dia para ir no centro de atendimento para tirar as fotos e as digitais. Agendamos um horário bem cedo e evitamos o tumulto que vai se formando a partir das 8h30.

Lá eles precisam apenas do formulário que você preencheu online e fez a impressão e do passaporte.

Para quem está fazendo renovação e se encaixa nos requisitos é necessário apenas ir no centro tirar a foto e as digitais.

No dia seguinte, 21/9 fui ao consulado fazer a minha entrevista. Também agendei o primeiro horário, 7h20 e cheguei com uma hora de antecedência.

Achei que ficaria mais fácil conseguir o visto informando que meu marido vai a trabalho e que eu iria junto e depois de finalizar as suas tarefas nos iríamos passear.

Apresentei a carta da empresa para a oficial consular no momento da entrevista, e foi apenas isso que ela olhou.

Ela conferiu todos os dados, viu se o marido realmente tinha renovado o visto, a empresa que o marido trabalha, a empresa que ele vai visitar nos EUA.

Perguntou qual a minha profissão, se tenho filhos, bens e acho que foi isso.

Preenchemos os formulários e pagamos a taxa em junho. A taxa saiu R$ 336,00. Ficamos no hotel Fórmula 1 Morumbi.

Foi em torno de R$ 60,00 ida e volta de taxi do centro de atendimento no Alto dos Pinheiros até o hotel. Acho que agora tem um na vila Mariana e é mais próximo. Na época que agendamos não estava disponível esse centro.

O hotel é bem próximo do consulado, e possível ir caminhando mas como estava chovendo no dia peguei taxi. Ida e volta deu o total de 18.00.

A diária do hotel é de R$ 155,00 e R$ 10,00 o café da manhã.

Terça, 26/9, recebi o passaporte com o visto. Validade 20/09/2022. Uhuuu!

Presentinhos de Paris…

Ontem, o marido chegou de viagem, e junto com ele várias lembrancinhas da França. Além de fazer uma imersão muito legal pois falou francês o tempo todo, deu tempo de passear e comprar tudo que achou interessante.

Deu tempo também de dar um pulinho na Livraria do Quebec em Paris e fazer umas comprinhas. Alguns livros e a bandeira do Quebec que tanto queríamos.

Segue foto dos presentinhos!

Marido indo para França

Já que não temos novidades do processo, pelo menos o marido está com trabalho bombando, tanto que está embarcando hoje para França.

Ele nem está adorando a ideia de passar 8 dias em Paris, trabalhando e quando der, curtir a cidade e falar francês até cansar…

Bom, estou fazendo a minha lista de presentes, afinal, preciso ser recompensada de não poder ir junto!

À bientôt!

A esposa

Demora no processo = estudar mais francês

Com a demora do processo, tanto do provincial como do federal, aproveitamos para nos aprofundar cada vez mais no francês.

Além disso, a vida continua pelas terras brasileiras.

Gosto de pensar que tudo na vida tem o seu lado bom e que devemos tirar proveito quando as coisas não acontecem conforme o planejado.

Dessa forma estamos aproveitando nosso tempo para:

– Estudar mais francês;

 – Ler mais sobre a cultura do Quebec;

– Planejar a mudança com mais calma;

– Juntar mais dinheiro para ficarmos confortável por um bom tempo no Canadá sem preocupações.

Afinal, quando chegarmos em Montreal, queremos curtir e conhecer a cidade, tirar umas férias…

Sendo assim, para aproveitar o tempo, estudar francês e ainda ler sobre o Quebec, no momento estou lendo três livros muito interessantes:

– S’installer et travailler au Quebec;

– Le quebecois de poche e

– Language, Citizenship and Identity in Quebec.

São livros muito interessantes, recomendamos. Em posts futuros postarei alguns fragmentos dos livros.

 

Outra coisa que recomendamos é as aulas de francês do professor M. Dupont no Atelier des Mots aqui em Porto Alegre.

Tivemos nossa primeira aula com ele na semana passada e é realmente excelente! Estamos adorando. 

A Esposa “S”

Novidades…. mas não do processo!

Depois de 02 meses sem ter aulas de francês, amanhã voltaremos a estudar o tão necessitado idioma.

Durante esse tempo não paramos de estudar, lemos muito, assistimos muitos filmes e documentários… mas falar: zero…

Depois de um pouco de pesquisa aqui na cidade encontramos uma escola com o preço bem acessível, com ótimos professores.

Amanhã começamos nossas aulas particulares e a motivação volta a bater na porta!

E que a convocação para a entrevista chegue o quanto antes…

 

Desabafo

Hoje o post é meio que um desabafo..

Pessoas sendo convocadas para a entrevista e nada de novidades para nós.

Está na cara que não seremos chamados para essa rodada… Afinal somos de outubro e o pessoal de junho e julho está sendo convocado…

É um pouco frustante porque tinhamos planejado tudo e agora não sairá como planejamos.

Quando iniciamos o processo, estudamos em uma escola aqui em Porto Alegre com francês voltado para a imigração, tendo aulas e assessoria.

Acho que se não tivéssemos dado ouvidos a essa PORCARIA DE ASSESSORIA estaríamos com o nosso CSQ em mãos e bem menos frustrados com tudo…

Afinal… nada vem fácil, certo?

Como muitos dizem: Imigrar não é para todos… e continuamos na espera…

Apresentação

Salut à tous!

Bom para começar esse blog falaremos um pouco sobre nós. Manteremos nossos nomes em sigilo pois pensamos que por enquanto seja melhor dessa forma.

Nos chamaremos de “o marido”e “a esposa”. Bem acredito que quem vai escrever mais no blog será eu (a esposa).

Bem, somos um casal de Porto Alegre – RS que está algum tempo atrás do objetivo de morar no Canadá em especial, na província de Quebec em Montreal.

Ficamos sabendo do processo de imigração em abril de 2010 e a partir de então começamos a estudar francês.

Bom o marido é engenheiro eletrônico e eu, a esposa, sou assistente administrativo.

Porque apenas agora criar um blog?

Primeiro porque não havíamos muito pra contar e apenas agora pensamos que seria uma boa ferramenta.

Enviamos nosso dossier para o BIQ em outubro de 2011, antes das mudanças… (UFA.. ainda bem!)

Agora estamos esperando a convocação para a entrevista e o que está bastante angustiante pois não temos notícias desde o débito da taxa no cartão em outubro…

Planejo postar muitas informações aqui no blog, pois estou sempre pesquisando e encontrando novas informações..